O Futuro é Mulher

nizan-guanaes-e-donata-meirelles-le-chodraui-lifestyle1

Recentemente eu li um dos textos mais sinceros, de autoria do publicitário Nizan Guanaes. Não é o primeiro escrito por ele que aparece por aqui, mas, de fato é um dos mais interessantes, e por que não dizer humildes, que eu tive o imenso prazer em ler. Espero que vocês gostem!

nizan-guanaes-e-donata-meirelles-le-chodraui-lifestyle

O futuro é mulher
por Nizan Guanaes

A mulher que escreve hoje na minha coluna sou eu mesma. Eu sou mulher e me orgulho muito de minha feminilidade. E, por favor, leiam humor, e não machismo, na frase que segue: o homem da minha casa é a minha mulher, Donata.

Eu fico aqui escrevendo artigos bancando o corajoso, com clareza, firmeza e discernimento, mas, quando desespero e fraquejo, é ela, com sua força feminina, que diz: releia os seus artigos. Ela é a minha coragem.

Sexo frágil é o homem. E o homem demonstra sua fragilidade quando berra, insulta, parte para a violência. Quando não tem a força dos argumentos, apela para o argumento da força. Muito dos problemas mais graves do mundo vem desse excesso de testosterona, essa energia masculina que tudo quer resolver com a força.

Isso me convence de que o futuro é feminino. O mundo tradicional é masculino. O futuro e as empresas líquidas do futuro são femininos. Sou um dos fundadores do Women in the World porque acredito que o desenvolvimento da mulher é o caminho mais rápido para o desenvolvimento do mundo. E a situação da mulher no mundo ainda é de absoluto desrespeito.

A força bruta é masculina. A negociação e a sedução são femininas. A razão é masculina. O sexto sentido, a premonição e a inovação são femininas.

Meu amigo Gilberto Gil, que além de um grande homem é também uma grande mulher, canta isso lindamente quando diz na canção “Super-Homem”: “Um dia, vivi a ilusão de que ser homem bastaria, que o mundo masculino tudo me daria do que eu quisesse ter”. E arremata: “Quem sabe o super-homem venha nos restituir a glória, mudando como um Deus o curso da história, por causa da mulher”.

Minha mulher mudou o curso da minha história. Pegou uma pessoa arrogante, autocentrada e bruta e me alfabetizou na gentileza e na felicidade. Ela me ensinou a saborear cada dia.

Vê-la em sua vida profissional me ensinou a liderar, em vez de mandar. Donata me ensinou a fundamental arte de ouvir. As pessoas dizem que ela mudou meu guarda-roupa. Mudou muito mais. Mudou minha vida e minha carreira.

Com ela, também aprendi que não preciso ser escravo de certezas. Que posso ter dúvidas, que não preciso ter medo de ter medo, de errar, de ser frágil, inseguro. É bom poder caminhar pela vida sem ter tantos “é preciso” nas costas e nas veias.

A frase de que por trás de um grande homem há sempre uma grande mulher é verdadeira. Só que é do lado. Ou à frente.

Sam Walton, nos primórdios do Walmart, levava os gerentes para jantar em sua casa para serem entrevistados pela mulher. O doutor Olavo Setubal, na hora de escolher a marca do Itaú, hoje a mais valiosa do Brasil, mostrou os estudos da logomarca para dona Tide Setubal, sua mulher, decidir. Roosevelt teve Eleanor. Churchill teve Clementine. FHC teve dona Ruth. O grande homem, em geral, é um casal.

Neste momento difícil no Brasil, em que um ano dramático desponta no horizonte, conto com a força da Donata para ser fraco; com seu colo, para desabar; com sua alegria e sua inteligência, para prosseguir; com seu sexto sentido, para encontrar sentido quando tudo parecer sem sentido.

Nas vitórias de 2015, Donata foi meu Tite, o técnico. Porque, sendo mulher, e ainda por cima corintiana, ela tem muita fé e acredita que tudo pode virar no último minuto. Nessa desafiadora caminhada entre a aventura, o risco e o medo chamada vida, é muito bom contar com sua força e sua fé de menina para seguir em frente.

Ta aí, aplaudi de pé!

  1. Ana

    14 de dezembro de 2015

    Achei o texto revelador e maravilhoso, se mais homens como ele tivessem essa visão o mundo seria mais humano, talvés mais vaidoso, colorido, criativo
    mais com certeza com menos guerras.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *